segunda-feira, 21 de setembro de 2009

[Liga Sagres] 5.ª jornada: U. Leiria 1-2 SL Benfica

Previamente ao comentário respeitante à 5.ª jornada da Liga Sagres, gostaria de justificar-me perante os leitores: por manifesta falta de tempo, muito por culpa dos joguinhos virtuais da Fantasy Football Europa League e Champions League, não tive oportunidade de escrever um breve apontamento sobre o confronto europeu com o BATE Borisov. Muito resumidamente, considero que foi uma vitória indiscutível, suportada por uma exibição segura e tranquila. Nada como começar bem, ainda por cima na condição de visitado. Daqui por uns dias, publicarei o relatório referente ao AEK Atenas.

Sobre a partida de ontem, fiquei imensamente satisfeito pelos três pontos averbados numa jornada em que o Sp. Braga demonstrou a sua condição de equipa surpresa. A exibição pode não ter sido brilhante, mas achei bem conseguida: o adversário praticamente não criou perigo e a bola andou (quase) sempre no meio-campo da U. Leiria. Durante o jogo, fui trocando vários sms's com amigos e, estranhamente, ou talvez não, tive sempre enorme confiança que a vitória não iria fugir. Apesar de tudo, ainda na 1.ª parte, o Benfica esteve sempre instalado perto da área contrária e jogou num ritmo elevado: mais cedo, ou mais tarde, acreditei que o golo iria aparecer e não me enganei. Verdade se diga que do outro lado também houve mérito e estou em crer que esta U. Leiria vai realizar um campeonato interessante, pois conta com alguns (muito) bons jogadores. Uma palavra final para os adeptos que se deslocaram a Leiria: fantástico apoio, do princípio ao fim, fazendo daquele estádio um mini estádio da Luz. A 'onda' vermelha continua, ameaçando tornar-se num 'tsunami' para os adversários. Venha o próximo...

8 comentários:

Irmão André disse...

só posso ficar contente com a tua descrição do que se passou em leiria. de facto, não tive, infelizmente, oportunidade para ver o jogo, nem mesmo pela TV. ou seja, desconhecendo o que se passou ontem em campo, nada melhor do que este resumo, pois se o Glorioso jogasse mal, serias das primeiras pessoas a dizê-lo!

saudações Gloriosas
André Afonso

Balentone disse...

Ontem foi na força, na raça, no querer... Benfica vencer vencer.
Sábado contra os Leixões lá estarei

dezazucr disse...

O Leiria fez um bom jogo apenas defensivamente, pois ofensivamente foi nulo, apenas 1 remate em toda a partida e já depois de estar a perder 2-1 - nota que o (auto)golo nasce de um canto. Para mim, para ser considerada uma boa exibição não basta defender bem, até porque o intuito principal do jogo continua a ser levar a bola a entrar entre os 3 postes da balisa adversária.

O Benfica cumpriu como esperava, agora é preparar a equipa para o ciclo dificílimo que se avizinha.

Bruno Pereira disse...

Boas!

Tenho de confessar que houve alturas do jogo em que me lembrei dos jogos do ano passado.

Sim, o Leiria defendeu com tudo o que pode, e mais do que uma vez a margem das leis ( sebem que os "anónimos" que andam pelos blogs acham que o Benfica é levado ao colo ).

Mas não vi a dinâmica ofensiva que já tenho visto.

Terá sido do relvado ? que ao fim de 10m já estava todo esfrangalhado?

Terá sido cansaço de alguns jogadores?

Terá sido um dia menos bom?

Talvez, mas ontem sofri bem mais do que tem acontecido, habituam-nos mal e agora queremos sempre mais.

Acho que um ponto fulcral no nosso jogo é o Javi Garcia. Não só dá o equilibrio que permite os desiquilibrios ofensivos dos 3 médios que estão a sua frente, como controla completamente o ritmo de jogo.

Agora, em mais do que um momento que o vi "perder a cabeça", acontece de vez em quando, normalmente perto do final dos jogos, muito provavelmente por ser constantemente provocado... mas Tem de ter atenção.

Ontem, podia facilmente ter sido expulso, e... sem ir ver as estatisticas, acho que está com 1 cartão amarelo por jogo. Tem de ter mais atenção a esse aspecto.

De resto, e como MUITO BEM foi sublinhado neste post, a onda Benfiquista está ai. Ontem a receita de bilheteira deve ter dado para os ordenados do ano inteiro.

Quando dizem que o Benfica é levado ao colo... é sim, mas não é pela arbitragem, é mesmo pela energia, pela loucura que começa a ser ver um jogo ao vivo.

Mesmo quando se joga menos bem, menos quando está mais dificil do que deveria estar... o importante é de uma forma ou outra "elas entrarem".

Abraço!

Catenaccio disse...

Antes de mais, obrigado pelos comentários. Não deixem de participar...

Dezazucr,

Exageraste um bocadinho. É certo que a U. Leiria esteve bem defensivamente e mais modesto no plano ofensivo mas, ainda assim, contei um remate perigoso do Carlão na 1.ª parte e, na 2.ª metade, o Kalaba também podia ter marcado.

Penso que a U. Leiria "vendeu cara" a derrota e foi um adversário bastante incómodo. O Benfica esteve longe de ser brilhante? Sim. De qualquer modo, jogou quase sempre em ritmo elevado e "plantado" no meio-campo contrário: procurou, sempre, a vitória. A U. Leiria só dignificou a conquista dos 3 pontos e será um adversário muito difícil de ultrapassar.

Cumprimentos a todos!

dezazucr disse...

Bruno, ficaste foi mal habituado.
Contra equipas que consigam defender bem, reduzindo os espaços como o Leiria fez, será mais difícil ter a mesma dinâmica, afinal o Benfica não joga sozinho, e é todos os adversários estudam minunciosamente a forma de jogar do Benfica, vendo a melhor forma de anular a dinâmica ofensiva do Benfica.

Curioso é o facto de, tirando algumas faltas estúpidas, estar também a ser muito difícil criar lances de perigo contra nós. Já repararam quantos remates conseguiram fazer o Leiria, o Belenenses, o Setúbal, o Guimarães e o Marítimo? E mesmo o Poltava e o Bate?

Paulo disse...

Como já tive oportunidade de escrever, foi um jogo claramente menos conseguido, mas não nos podemos esquecer que o mérito também é da União de Leiria que defensivamente esteve muito bem.
Jesus, perante as supostas limitações físicas de Cardozo, tentou apostar em Keirrison para fazer dupla com Saviola.
Não tinha Weldon e só restava Nuno Gomes que ainda não me convenceu em termos de utilidade, logo foi uma aposta acertada.
Keirrison não rendeu aquilo que se esperava dele, mas o mérito, repito, tem de ir também para o Leiria.
Valeu a vitória.
Venha o Leixões. Lá estaremos os 3 lá de casa na Luz para apoiar!

António Pista disse...

Grande vitória, mas sofrida!

Não vão ser só goleadas, também vão aparecer resultados amargos e vitórias sofridas como esta, mas tão saborosas...

http://aguia-de-ouro.blogspot.com/