sexta-feira, 4 de março de 2011

"Sempre Presentes" 1992-2011: A lenda continua...

Liderados naquele tempo por Gonçalo Dias, um estudante de Engenharia do Ambiente com 23 anos de idade, os No Name Boys eram uma claque que tinha sido criada muito recentemente (4 de Março de 1992) e tinham conseguído, em muito pouco tempo, reunir no seu sector, no topo sul do antigo Estádio da Luz, um número significativo de fervorosos adeptos, quase todos dissidentes dos Diabos Vermelhos.

Os anos passam, muito depressa, largando recordações, muitas a preto e branco, já desfocadas do tempo. Celebra-se o dia 4 de Março, mas a lenda começou uns meses antes. Não sei precisar quando, exactamente. Possivelmente, num Benfica x Gil Vicente, em Janeiro dessa longíqua época 1991/92. Talvez num outro jogo qualquer. Não importa, estava lá. Parece que foi ontem: no sector dos Diabos, com mais um ou dois amigos e, como tantos outros, decidi seguir a massa humana que se deslocava para o topo sul. Muitas memórias. Na velhinha Luz, a partida com o Sparta de Praga, a contar para a Liga dos Campeões. A tragédia que, mais tarde, se seguiu. A amizade com um emblema inesperado, da distante Croácia. Os avanços e recuos, as vitórias e as derrotas. Não deixa de ser especial ter vivido (e sentido) alguns desses primeiros momentos, ter visto nascer uma ideia, um movimento, um sentimento à volta do clube da nossa paixão.

Actualmente, a minha voz faz-se ouvir perto da 'baliza grande', mas uns degraus mais acima, no piso 3 do moderno Estádio da Luz. Há muitos, muitos anos que não voltei a pisar aquela parte da bancada, mas parece que ainda hoje sinto o cheiro das tochas e potes de fumo a iluminar os céus da 'Catedral'. Podem ser dez, quinze anos, mas acho que nunca se esquecem aqueles primeiros anos da 'curva'. As coisas simplesmente mudam. Por vezes, sem nenhuma razão em especial. Os amigos da altura (de infância, na sua maioria) mantêm-se, distribuídos noutros sectores do Estádio, outros fizeram questão de bater à porta da amizade, mas os tempos são outros. Tão simples como isso. Por sua vez, ao contrário do que a imprensa especializada, e a opinião pública em geral, deixa querer transparecer, nunca partilhei de sentimentos persecutórios em relação a este mítico grupo de associados e tenho o prazer de conviver com amigos (alguns da blogosfera, outros do twitter) que só uma coisa lhes importa: apoiar o seu clube do coração, até que a voz lhe doa. Em suma: fidelidade a um emblema; lealdade a uma causa; paixão a um clube com uma história centenária e gloriosa. "Sempre Presentes" é tudo isto e muito mais: é um modo de vida, que muitos não entendem ou não querem compreender. No agora, tempo presente, não festejo a data com vocês, não canto, sofro com as derrotas ou vibro com as vitórias, embora (no fundo) acho que uma pessoa nunca se esquece: uma vez rapaz sem nome, para sempre rapaz sem nome. Parabéns. A lenda continua...







Agradeço ao @loucospeloslb, pelas fotos

20 comentários:

João Bizarro disse...

Sempre com a equipa ao colo.

Aurelio Estorninho disse...

assassinos, ladrões e traficantes!
custa ver aqui pessoas esclarecidas e membros de uma sociedade responsavel a prestarem homenagem a um bando de deliquentes condenados.
as claques são o cancro do futebol e enquanto existirem calhordas a fazerem textos de apoio o futebol nunca irá mudar.
o benfica não precisa de adeptos assim!

Catenaccio disse...

Aurélio Estorninho,

Não vou comentar. Não julgo o todo por causa do comportamento de alguns elementos. Se assim fosse, também diria que os políticos são todos corruptos, os apresentadores de televisão são todos pedófilos, os governantes são todos ditadores sanguinários, os patrões são todos uns gatunos, os funcionários públicos são todos uns preguiçosos, os banqueiros são todos uns criminosos e por aí em diante. Não faço esses juízos de valor.

Cumprimentos.

Pedro disse...

"assassinos, ladrões e traficantes!"

Quem? Os políticos? Os polícias? Os empresários? Os advogados? Qualquer um deles enfia a carapuça...

Aurelio Estorninho disse...

é vergonhoso para um clube como o benfica dar guarida a um bando de assassinos e traficantes.
tenho a noção que está a pagar o justo pelo pecador, mas se querem moralizar o futebol a primeira coisa a fazer á acabar de vez com as claques... em inglaterra não existem claques e o apoio é imenso.
ou será q o presidente vieira tem as claques como o seu braço armado?
o benfica não precisa de pulhas!

J G disse...

Aurelio

tenho pena de ti.
deve haver no topo sul perto de 4 mil adeptos do Benfica.

se achas que há 4 mil adeptos do Benfica assassinos, ladrões e traficantes é porque estás seguro do que estás a dizer.

posso te dar os meus dados pessoais e vais começar a ter problemas a defender essa tese. Sou sócio com emblema de prata e não tenho cadastro criminal. E... vejo os jogos no Topo Sul.

Ali ninguém vira costas ao Benfica antes do jogo terminar e por isso festejamos os golos nos últimos segundos lá dentro com os nossos jogadores e não nas roulottes ou a caminho dos transportes.
Ali não se mostram lenços brancos como já viu esta época noutros sectores do estádio para JJ.
Ali não se assobiam os homem que vestem o manto sagrado como se ouve noutros sectores do estádio.
Ali não se desespera quando o resultado não é favorável, canta-se.
Ali não se desiste de acreditar, apoia-se até ao fim.

olho para muitos sectores do nosso estádio e faço minhas as tuas palavras: o Benfica (sempre com maiúsculas) não precisa de adeptos assim.

Em Braga uns estarão nas bancadas a apoiar, enquanto outros estarão no sofá...

cumprimentos

Aurelio Estorninho disse...

acredito que o sr q assina JG, seja uma pessoa de bem! e tenho a certeza q existem mts assim!
mas se o sr tem olhos na cara, sabe perfeitamente que mts da claque ganham a vida a traficar e a assaltar.
enquanto as claques derem guarida a pessoas assim a minha opinião será sempre essa! claques são antro de calhordas,traficantes e assasinos.

Aurelio Estorninho disse...

já vi q discordamos!
eu sou e serei sempre contra a qualquer tipo de claques!
e se são assim tão benfiquistas como dizem, deviam saber q o presidente vieira proibiu as claques...
o benfica precisa de gente séria e não de holligans.
bom fim de semana e bom carnaval.

J G disse...

Eu sei que sou sócio do Benfica desde 1984 , seu que não tenho problemas criminais.

Não sei se o Aurelio é sócio, ou é benfiquista ou se já teve algum problema criminal.

Se queres continuar a insultar cerca de 4 mil sócios do Benfica continua. Se queres continuar a chamar claque a um grupo de sócios que não recebem nem apoio nem regalias do clube, continua.

Se achas que o Benfica precisa é de adeptos como tu , preconceituosos e arrogantes, é um problema teu.
Felizmente, esse mito em que vives já foi desfeito há muito tempo.

No dia que o Fábio Coentrão for festejar um golo contigo à tua bancada fala comigo sobre adeptos válidos.

Entretanto quando fores ao estádio olha bem à tua volta e vê lá se não tens perto de ti algum cidadão com cadastro criminal. É que é perfeitamente possível e não precisa de ter um n ao contrário.

Aurelio Estorninho disse...

Caro Ricardo:

Aqui não se trata de sentar ou "Sentou" o Estorninho 2 vezes seguidas. aqui estavam a discutir-se opiniões, que por acaso são diferentes, mas se para o Ricardo acha que isso é um vitoria, aceite desde já os meus parabens...e continue a publicitar a nossa discussão.

Ricardo Sousa disse...

Reparem só no blog que o aurelio tem!!
http://aguiamoribunda.blogspot.com/

Aurelio és um grande boi!! BAZA FDP!!!! CORNO!!!

qualquercoisa disse...

http://futebolfilosofal.blogspot.com/2011/03/estao-explicados-os-tres-trincos.html

Paulo disse...

Olha, o Ricardo tem um TROLL no blog... :D

João Bizarro disse...

Então o estrugildo afinal é adepto do Clube Regional Assumidamente Corrupto?!?!

LOLOL

Dores disse...

O estorninho-comum (Sturnus vulgaris), também chamado de estorninho-malhado, é um pássaro da família dos esturnídeos, nativo da Eurásia e introduzido na América do Norte, África do Sul, Austrália e Nova Zelândia.

Uma característica interessante e menos conhecida dos estorninhos é a sua capacidade de ingestão de álcool. Graças a uma enzima específica que produz, consegue processar o álcool 14 vezes mais rapidamente que um ser humano o que lhe permite ingerir em grandes quantidades uma série de frutos e bagas que tendem a fermentar a partir de certo nível de maturação[1].

Razor disse...

Parabéns aos No Name! E Muitos parabéns a ti Catenaccio pelo excelente artigo. Seria fácil para ti não marcar a data e não escreveres este artigo para não teres que levar com comentários ridículos de Estorninhos e outros que tais, mas como verdadeiro benfiquista que és e como tal corajoso não hesitaste.
Sei que não pertences ao Grupo e isso ainda dá ao teu texto um caracter simbólico maior.

Um Gd Abraço do para sempre teu amigo, que contigo também rumou naquele dia atrás daquela massa humana que foi para o Topo Sul.

Um Grande Abraço
Canni

Catenaccio disse...

Canni,

Ler, aqui, as palavras que deixaste, emociona. Foram muitos jogos, muitos golos e muitas vitórias a "viver" o Benfica, de uma forma diferente do que fazemos actualmente. Não gosto de ser saudosista, mas há alturas e momentos que "bate" umas saudades. Olha, por exemplo, do mítico 3-6 em Alvalade. Belos tempos!

Obrigado pela tua visita. Grande abraço!

P.S. Na Luz, antes dos jogos, no sítio do costume. Aparece um destes dias ;)

Sergio Jesus disse...

há aqui pessoas que vão levar uns bons e longos Abraços;)

Sergio Jesus disse...

há pesssoas aqui que vão levar uns valentes abraços :)

Catenaccio disse...

?

Sérgio Jesus... não percebi ?!