terça-feira, 5 de maio de 2009

O candidato Bruno Carvalho

Quando surgiu a candidatura de Bruno Carvalho, pensei que se tratava de uma simples brincadeira como forma de preencher páginas dos jornais e entreter os benfiquistas mais incautos. Pese embora a novidade tenha sido sinónimo de afronta à inteligência, a primeira impressão, de estupefacção, passou rápido como um foguete. Cada vez mais, começam a ser poucas as situações passíveis de causar admiração. Mas, afinal, quem é Bruno Carvalho? Não sei. Quer dizer, sei que é director-geral do Porto Canal, empresário, blogger no Novo Benfica e pouco mais. Jamais o identifiquei como indivíduo interessado pelo dia-a-dia do Benfica, desconheço os nomes dos seus colaboradores mais próximos e, para além da excessiva 'colagem' ao ideal instalado no FC Porto, custa-me alcançar a verdadeira dimensão das linhas gerais do projecto pensado para o clube.

Todavia, o melhor estava para vir. Hoje, foi noticiado que os Estatutos podiam bloquear a candidatura de dita personagem: Fonte do clube da Luz garante que Bruno Carvalho não preenche os requisitos para ser eleito, tendo sido, aliás, emitido parecer nesse sentido. O empresário é sócio correspondente do Benfica desde 2002 e só no ano passado é que passou a efetivo. Magnífico. Era mesmo disto que o Benfica precisava. Vejam bem a comparação: o 'pára-quedista' tem menos anos de sócio do que o meu estado civil a dizer casado. Por conseguinte, se nestes quase quatro anos ainda não aprendi a preparar uma garoupa no forno, qual será a real ligação deste artista com o Glorioso? Ultrapassada esta analogia, o homem com cara de quem levava estaladas no recreio pode, ou não, ir a votos? Observemos os Estatutos, a que o jornal 'Record' faz menção:

De acordo com o ponto 2 do artigo 12.º dos estatutos, "só os sócios efetivos com mais de cinco anos consecutivos de filiação associativa gozam do direito consignado na alínea d)" do ponto 1. Nessa alínea, pode ler-se: "Ser eleito para os órgãos sociais." O artigo 23.º, por sua vez, refere que "os cargos de órgãos sociais são desempenhados por sócios efetivos que, à data da eleição, perfaçam pelo menos cinco anos de filiação associativa ininterrupta nessa categoria". E, para os encarnados, estes pontos não remetem para qualquer outro. O empresário tem outro ponto de vista, socorrendo-se do ponto 3 do também artigo 12.º: "Ao sócio auxiliar que passe a efetivo são concedidos todos os direitos inerentes a esta categoria, desde que naquela qualidade preencha as condições previstas no número anterior."

Podem questionar porque estou a dar tanta importância à suposta candidatura de Bruno Carvalho. Por uma razão muito simples: aparentemente, o cenário ganhou contornos de maior complexidade a partir do momento em que Petit será, ao que tudo indica, o mandatário do empresário na corrida à presidência do Benfica e, provavelmente, será contratada a empresa de marketing que em 2000 ajudou Florentino Pérez a ganhar as eleições no Real Madrid. Caros leitores, esta notícia faz toda a diferença. Não porque Bruno Carvalho mereça crédito acrescido, mas porque fica provado que 'tem as costas quentes', protegido por alguém que joga nos bastidores. Aqui há tempos, na Tertúlia Benfiquista, foi escrito que António Figueiredo e Bruno Carvalho foram vistos no Hotel Marriot. Será o aparecimento dos Neo-Damasianos? Duvido...

Não pensem que este artigo, de completo desprezo por uma candidatura a roçar o rídiculo, represente a pretensão, contrária, de defender a actual Direcção do clube encarnado. A minha insanidade mental, ainda, não chegou a tanto: aproxima-se, a passos largos, o momento de 'trocar de pneus'. Agora, estou em crer que Bruno Carvalho é uma espécie de 'testa de ferro', mas desconheço quem escreve o argumento desta estória sem fim à vista. A figura que ilustra esta crónica pode representar vários papéis: o de 'burro' que puxa a carroça do dono; o de 'cavalo' que puxa o coche do senhor feudal; ou, por fim, o de 'carapau de corrida' que serpenteia entre alguns predadores, até dar entrada um 'peixe' de maiores dimensões. Sabem como é: it is always a big fish.

Para finalizar, resta-me aguardar, serena e pacientemente, pelo aparecimento de uma candidatura personalizada, baseada em predicados de competência, determinação e organização, com um programa e uma equipa de colaboradores susceptíveis de transmitir, à nação benfiquista, um sentimento de esperança numa mudança sustentada. Não acredito que Bruno Carvalho seja a figura capaz de operar essa renovação. Seria preciso muito mais do que uma empresa de marketing, a começar, talvez, por uma empresa de imagem. É que, muito sinceramente, não o queria nem para administrador de condomínio do prédio onde vivo...

17 comentários:

apenasfutebol disse...

Excelente!!

Belas gargalhadas me fizeste dar com este texto. Muito bom!

No entanto, há, eventualmente, coisas - para as quais chamas oportunamente a atenção - que mais podem é fazer chorar...

Abraço

Xelb disse...

Nítidamente a preparação para a entrada na corrida de uma qualquer "Estrela de Hollywood", para que possa depois dizer:
"- Ah, se este senhor é candidato então eu desisto."
Apenas um único fim:
A renovação de contrato com a Olivedesportos. Assim o futuro presidente da Liga, Guilherme de Aguiar não necessitará sequer de convocar uma Assembleia Geral para que os clubes transfiram poderes para que a Liga seja a única instituição a poder negociar estes contratos proibindo a negociação individual...

Tiagojcs disse...

Está mais do que clara a verdadeira intenção deste senhor !

sondagensgloriosas disse...

Porque foi escolhido Petit como mandatário ?

vota nas Sondagens Gloriosas e sugere perguntas

Luis de Raziell disse...

Este comentário que aqui reproduzo foi publicado num publicado do meu blog em Dezembro passado - mas tem perfeita actualidade:

O Benfica foi afastado da Taça UEFA - Não fiquei minimamente surpreendido -Eu já esperava isso. Também já foi eliminado da Taça de Portugal, e não tarda que desça para a terceira ou quarta qualificação do Campeonato - Seguramente não é o Benfica que este ano vai ser o Campeão.

Perante tanta decepção, compreendo que muitos benfiquistas ( há muito já frustrados) comecem a ficar nervosos e desesperados! - Tenho familiares e bons amigos que são benfiquistas e tenho pena deles. Sim, para quem vibra com o futebol ( e tem no sangue o gérmen da clubite) é realmente uma situação dolorosa conhecer mais decepções e tristezas do que o prazer das vitórias e das glórias. Mas o que é que se há-de fazer quando os dirigentes dos Clubes não estão à altura das ambições e dos pergaminhos desses mesmos clubes?… Mas, a culpa, até nem é deles ( porque vaidade e ambição não lhe falta)mas da massa associativa que os elege.

Não tenho nada contra a pessoa de Luís Filipe Vieira - Mas a empatia que me dá é de alguém que não está no lugar certo. Mas isto não é coisa que ele já não tenha percepcionado ou não tenha reflectido - Quem não se lembra da afirmação que fez aquando da morte do malogrado Miklos Fehér? “Eu tenho uma maneira de estar na vida e não é o Benfica que a vai mudar” Disse que ia “repensar o seu futuro no clube,” Mas será que repensou?!

mais pormenores em:
VIDÊNCIAS DE VIDA E DE MORTE - CASOS REAIS E OUTROS MISTÉRIOS...

Aurelio Estorninho disse...

o benfica precisa de gente obscura e de indole duvidosa...
o bruno carvalho é serio demais para o benfica.
fico com pena que ele se estrague!

para mim organizava um abaixo assinado para trazer de volta VALE E AZEVEDO, O UNICO PRESIDENTE CAPAZ de fazer frente ao presidente com maior numero de titulos ganhos na europa.

Dylan disse...

Também já ouvi falar no José Veiga. O enredo desta estória começa a ficar mais obscuro...

O Aurélio Estorninho falou no "presidente que tem mais títulos na Europa". Será que estava a referir-se ao Tapie ou ao Gil Y Gil...?!

Aurelio Estorninho disse...

Hoje ouvi na rádio que o Aly Cissokho foi oferecido ao benfas por 300mil euros, preço que o Rui Costa e o presidente Vieira, acharam extremamente elevado e fizeram uma contraproposta de 100mil euros.Para quem tinha dispensado o Leo e joga com um lateral esquerdo adaptado, foi sem dúvida uma grande decisão.
O FC PORTO agradece mais uma vez o tiro no pé dado pelo clube do guiness

Vasco disse...

Mas o senhor conhece o Bruno Carvalho de algum lado para dizer "É que, muito sinceramente, não o queria nem para administrador de condomínio do prédio onde vivo..." ?
Pode-se criticar muita coisa, mas fazer já estes juízos é que..

Saudações benfiquistas

playmaker disse...

Concordo em pleno com o post, em especial naquela parte do condomínio.

o sr. Pardal ou Estorninho como é adepto de um clube corrupto sabe do que fala...temos que lhe dar ouvidos.

Aurelio Estorninho disse...

caro playmaker:

antes de mais agradeço que respeite o meu bom nome.

depois queria reiterar que o meu clube é tão corrupto como o seu, por isso tenha tento na lingua.

para terminar, se vocês se preocupassem menos com as vitorias dos outros e mais com as vossas derrotas, de certeza que o vieira já não era vosso presidente e que o benfas seria uma equipa temivel, tanto a nivel nacional como internacional.
enquanto se preocuparem com as vitorias das outras equipas vocês não passaram de pintainhos preparados para a matança.

p.s. a corrupção que fala é a final da taça da liga ou o vosso ultimo campeonato???
desculpe, esqueci-me, a isso chama-se verdade desportiva.

MS disse...

Caro cattenaccio,

Sabe se os estatutos do Benfica incluem algo sobre registo criminal para se poder tomar posse de cargos nos orgaos sociais? Ha dias tive que entregar o meu registo para poder comecar um novo emprego, e a minha aceitacao estava pendente de um registo limpo. Julgo que os Benfiquistas tem direito a exigir isso. Se nao esta nos estatutos, talvez fosse algo a levar a assembleia geral futuramente.

Catenaccio disse...

Miguel Seixas,

Creio que os estatutos são omissos em relação a essa matéria.

Agradeço todos os comentários. Prossigam...

Ricardo disse...

Gostei da forma, nem tanto do conteúdo.

A escrita continua vistosa, fluida, harmoniosa e sagaz!

Já o conteúdo, deixa-me algumas dúvidas. Vejamos: não conheço, não sei quem é, nunca soube, nunca vi este Bruno Carvalho mais magro. Nem mais gordo. Nem mais marreco. Nem mais feio. Nem mais bonito - isto acho que é capaz de ser impossível, bonito nunca será, parece-me. Nem mais elegante. Nem menos elegante.


Mas parece-me que o homem está a sofrer um bocadinho de má-vontade por parte de grande parte dos benfiquistas. E tudo porque, dizem os entendidos, ele faz uma "colagem ao Porto". Ora, mais vale fazer uma colagem a quem ganha do que ao Sporting, por exemplo. E que colagem é essa, visto que tanto se fala por aío na blogosfera sobre a admiração quase doentia de B.C.? Nada mais do que dizer que o Porto tem uma estrutura organizada, inteligente, que antecipa muito antes das coisas acontecerem e que sabe blindar os seus protagonistas dentro de uma ideia de colectivo. Ora, tudo verdades. Não me parece escandaloso alguém dizer isto mas para os benfiquistas é difícil aceitar algumas verdades. Ainda para mais quando as verdades acabam por elogiar o Porto. É compreensível. Já não é tão compreensível que se não escute decentemente o que o homem tem para dizer. Eu vou ouvi-lo, quando aparecer a falar. E depois tirarei as minhas conclusões. Prefiro isso a sentir que as minhas palavras são só o eco daquilo que a imprensa quis que eu ecoasse. Isso é que não.

Abraço!

Catenaccio disse...

Ricardo,

Tal como falámos pessoalmente, avisei que este artigo merece um 'desconto'. Precisa de ser visto como um acto de ironia, uma tentativa mordaz de obter reacções inflamadas, contra ou a favor.

Eu reconheço o seguinte: não conheço o Bruno Carvalho para emitir uma opinião imparcial, justa e objectiva.
Até posso dar um exemplo: como sabem, há umas semanas, conheci o José Veiga e esse contacto pessoal fez-me ter outra percepção do magnestismo positivo que emana, separar alguns preconceitos e observar apenas as ideias e o discurso. Provavelmente, quem não o conhece, manterá alguns pensamentos pré-definidos e terá, somente, uma 'fotografia' a preto e branco, faltando a cor que potencia as qualidades profissionais do indíviduo.

Agora, do Bruno Carvalho só conheço o discurso e parte das suas ideias, muitas delas escritas na blogosfera. Bem, ideias é uma força de expressão: antes diria que são lamúrias! O putativo candidato (ainda) não apresentou um projecto digno desse nome. Não se conhecem os colaboradores, nem a visão geral do projecto. Bruno Carvalho limita-se a apontar os problemas que qualquer criança ou adolescente observa com facilidade: há coisas que entram pelos olhos dentros. Gostaria era de ler e ouvir soluções, sem pingo de ambiguidade. Na altura certa, darei, obviamente, a atenção necessária que a democracia do clube exige.

Abraço.

Ricardo disse...

Essa falta de apresentação de programa deve-se, julgo eu, à noção por parte de Bruno Carvalho de que se apresentasse nesta altura as suas ideias seria comidinho ao pequeno-almoço pela máquina da propaganda vierista. Além disso, o Carvalho parece que é mestre em marketing. Esperemos sentados para ver no que isto tudo ainda dará.

Xiko disse...

O que é que para si é uma candidatura séria?
Eu digo isto porque estas duas últimas candidaturas - as tais que colocaram o Benfica como equipa que fica sempre 3º lugar para baixo (houve um pequeno acaso Peseiriano e Couceiriano que deu em campeonato ganho) - eram para os sócios que votaram candidaturas seriíssimas.
Os sócios fazem exactamente o que os nosso grandes presidentes querem, que é embarcar nestes cavalos de batalha que criam para desviar a atenção do verdadeiro problema do Benfics - a falta de identidade, liderança e competência.
Gostava mesmo de saber qual é a candidatura que realmente satisfaz os sócios do Benfica?
Continua tudo com o dito "medo" da mudança, medo que o Benfica seja "roubado" pelos tubarões oportunistas que andam por aí à espera do melhor momento para atacar.
E enquanto isto dura, que é o que o Dr. Eng. Arq. LFV quer, nada muda, muito pelo contrário - o buraco é cada vez mais fundo e sair de lá torna-se mais difícil.
Abraço benfiquista.
Nuno.