sábado, 6 de fevereiro de 2010

Liga Sagres? Tenho dúvidas...

Por onde hei-de começar? O Benfica acabou de empatar no Bonfim, com o Vitória de Setúbal, marcado por um autogolo de David Luiz (mais uma asneirada?) e um penalty desperdiçado pelo melhor marcador desta competição. A partida já terminou há uma hora, mas arrisco dizer que ainda estou a 'quente'...

Contudo, a desilusão pela perda de dois pontos, fortemente associada ao momento em que Cardozo acerta estrondosamente na barra, não deve toldar o raciocínio de um benfiquista convicto no trabalho que se está a desenvolver. Estou a tentar relativizar. Falando com os 'meus botões', convencer-me de que este jogo não terá consequências nefastas para a missão final. Rumo ao título...

A verdade é que poderia estar aqui a 'bradar aos céus', numa óptica de autoflagelação. Exemplos não faltariam: (i) revoltar-me com a infelicidade de David Luiz (mais uma?); (ii) indignar-me com o penalty falhado por Cardozo (mais um?); (iii) rebelar-me com a opção por algumas das substituições efectuadas; ou, (iv) insurgir-me com uma exibição menos conseguida. Não me parece lógico. Não me parece razoável. Não me parece justo. Não creio ser a altura, nem o momento, para a tomada de posições críticas. Posso estar a 'quente', mas não estou com espírito destrutivo...

Quem me conhece, sabe que não tenho muita paciência para lamentações. Nos anos mais recentes, quando as vitórias escasseavam e a 'verdade desportiva' cobria as primeiras páginas dos jornais, procurava desviar-me do conceito de inevitabilidade lamurienta, como se as derrotas e o insucesso fossem 'fantoches' nas mãos de algo superiormente poderoso. Sempre afirmei que a resposta teria de ser dada no relvado. Mesmo que tivéssemos que jogar o dobro. Nessa altura, houve quem entendesse as minhas palavras como excessivamente críticas. Pelo contrário, apenas fiz questão de relembrar a cultura de exigência que foi sempre apanágio deste clube. O futebol desta época veio-me dar razão.

Muito sinceramente, acredito na argumentação e no sentido crítico. Estou é farto e cansado de choraminguices pegadas. Querem saber?

FC Porto? Verbos conhecidos: lacrimejar, lamuriar, carpir mágoas. Choram porque o Benfica vai à frente com uma vantagem (à condição) de 10 pontos. Choram pela divulgação das escutas. Choram pelas imagens no túnel da Luz. Choram pela transferência abortada do avançado brasileiro Kléber. Choram pela demissão do administrador da SAD Fernando Gomes. Porra... até o Tomás Costa chora, mais que não seja pelas bofetadas dadas pelo capitão Bruno Alves.

Sp. Braga? Verbos conhecidos: lacrimejar, lamuriar, carpir mágoas. Choram porque o Benfica antecipou a jornada com a U. Leiria, obedecendo a regras impostas pela UEFA. Choram pelo facto do Plenário da Liga ter-se realizado apenas no dia 29 de Janeiro e ter tido lugar em Lisboa e não no Porto como é habitual. Choram porque Vandinho e Mossoró foram punidos com três meses e três jogos de suspensão, respetivamente. Choram porque recusaram propostas pelo Vandinho, mesmo demonstrando agilidade negocial para ir contratar o jogador Olberdam no último dia de inscrições, antes de conhecerem a decisão final. Choram porque sim. Porra... até o Domingos tem cara de chorão.

Sporting? Verbos conhecidos: lacrimejar, lamuriar, carpir mágoas. Meu Deus! Aqui ao 'lado', a choraminguice é total. Choram porque o Benfica vai à frente com uma vantagem (à condição) de 19 pontos. Choram porque o Benfica tem mais 31 golos marcados. Choram porque o Benfica apresenta melhor futebol. Choram porque têm Carlos Carvalhal, quando poderiam contar com André Villas-Boas. Choram porque o presidente toca maracas ou vai de férias para o Brasil. Choram porque são o Sporting e porque nós somos o Benfica. Porra... até o Liedson chora, depois de levar dois murros do Sá Pinto.

Que tal? Foi muito repetitivo? De facto, esta choraminguice lamurienta cansa, verdade? Aliás, estou a pensar escrever uma carta dirigida a Hermínio Loureiro, presidente da Liga Portuguesa de Futebol Profissional, no sentido de alterar a designação da competição para a temporada 2010/11. Desde já, aproveito para disponibilizar os meus préstimos na árdua tarefa de criação do logotipo da próxima Liga Chicco. Ou, talvez não! Prefiro ficar com a cerveja e deixar as chuchas para quem delas precisa. Liga Sagres??? Tenho dúvidas...

4 comentários:

jose garcia disse...

Obrigado, caro Catenaccio.
Depois daquilo de ontem, estava mesmo a precisar de ouvir uma coisa destas.

Bruno Pinto disse...

Setúbal 1 Jorge Sousa 1.
Um ponto ganho obscenamente pelo Benfica no Bonfim. O colinho continua bem vivo, mas nem assim lá vão. Jorge Sousa ainda tentou fazer aquilo que fez em Leiria mas desta vez escreveu-se direito por linhas tortas. Cá vos esperamos no Dragão!!

low desert puke disse...

Bruno Pinto,

Tivemos um penalty nao assinalado e isso devia entrar nas tuas contas do colinho. Tal como o golo anulado ao Paços de Ferreira contra o porto là prà segunda jornada, que tal como o do Setubal, foi um erro do àrbitro, mas mais grosseiro ainda pois esse jogo estava a acabar.

Reparaste, como todos nòs que vimos o jogo, que ninguém do Setubal protestou. O jogador estava em jogo por milimetros apenas, nem ele pròprio se apercebeu que o àrbitro errou. Jà o do Paços...nem foi fora de jogo mal assinalado. Foi um golo limpo, anulado depois com a desculpa de um fora de jogo.

Agora volta a meter a rolha de merda que te serve na boca, seu ressabiado.

Hugo disse...

Escrevo uns dias depois deste desaire, e ainda "bem bebido" da vitória robusta frente ao Herta.

Mas o teu texto é muito bom e ainda actual, tudo porque a tripeirada agora anda a carpir porque o cromo de BD (só)levou 4 meses...

E estão a criar a ideia de que, em caso de vitória, o Benfica é um mau vencedor da Liga, mesmo sendo a melhor defesa, o melhor ataque, e mesmo sendo a equipa que melhor futebol praticca cá no burgo...

Cabe-nos a nós manter o alerta e, sempre que necessário, defender afincadamente o nosso clube...

Continua o teu bom trabalho.

Abraço e carrega Benfica!!!